terça-feira, 13 de Março de 2012

Fruta em calda - Como fazer

Olá novamente.


Como prometido cá venho para explicar como fiz a minha conserva de pêssegos, ananás e ameixa. Embora ainda só tenha experimentado a de pêssego, acredito que as outras estão igualmente boas.

Encontrei um blog muito bom, com receitas de conservas de imensas coisas, desde tomate seco, feijão verde, pickles e também de fruta, que era o que procurava. O blog é este e a receita que a Micas partilhou foi esta:

FRUTA EM CALDA:

  • Para cada quilo de fruta (ameixas, abrunhos, pêssegos, alperces, figos, pêras, etc.)
  • 8 dl de água
  • 400g de açúcar
  • casca de limão 

Preparação:

Leve ao lume a água com o açúcar e a casca de limão. Deixe ferver por 4-5 minutos, retire do lume e deite fora a casca do limão. Esterilize os frascos e deixe-os arrefecer. Vá colocando as frutas descascadas e sem caroços nos frascos condicionando-as bem. Regue com a calda de açúcar, até esta chegar ao bordo dos frascos. Feche muito bem os frascos. Leve uma panela grande com água ao lume, quando começar a ferver colocar os frascos de maneira a que todos eles sejam completamente cobertos com a água. Baixe o lume e deixe ferver 15 minutos. Desligue o fogão e deixe a água arrefecer com os frascos lá dentro para criar vácuo.
Desta maneira guarda-se fruta para todo ano.

Os meus comentários:

- Utilizar fruta mais rija para que não fique mole quando for a cozer. A Micas também avisa isso no blog.

- Os frascos a utilizar devem ser esterilizados, isto é muito importante. Poderão fazê-lo fervendo os mesmos em água durante uns minutos ou simplesmente colocá-los no microondas durante 1 a 2 minutos na potência máxima (método que utilizei). Há quem faça a esterilização colocando-os na máquina de lavar (não sou muito adepta deste método pelos resíduos de detergente que possam ficar). Em qualquer das situações os frascos devem ser usados de seguida, depois de bem secos.

- Verificar se os frascos conseguem ficar totalmente dentro de água. É que eu não verifiquei isto e depois o que aconteceu foi que os frascos quase que não ficaram submergidos. Portanto, se não der das duas uma, ou mudam para frascos mais pequenos ou usam uma panela maior. Eu tenho que ver esta segunda opção porque em frascos pequenos cabe pouca fruta, mesmo que se corte mais pequeno. 

- Não alterem as quantidades, principalmente do açúcar, pois é este que faz a conservação da fruta, além da cozedura. Se fizerem alteração tem de ser na mesma proporção.

Pronto, acho que está tudo, se tiverem dúvidas escrevam nos comentários que poderei depois adicionar aqui mais informação. Por aqui correu muito bem e é, sem dúvida, algo a repetir. Agora, cuidado com a quantidade que comem porque o açúcar que a receita leva é, no mínimo, um abuso. Bom bom é comerem a fruta fresca.

Desejo uma tarde útil a todos.







8 comentários :

  1. Adorei todas as dicas queria uma ajuda será que posso fazer com tangerinas e laranjas? Obrigada

    ResponderEliminar
  2. olá! que bom este post! eu ando há muito para fazer umas compotas e conservas de fruta e vegetais, mas não sei bem quais podem ser conservados deste modo... todos? há excepções? e os frascos têm que ser alguns especiais ou podem ser reaproveitados? bem, desculpa todas as perguntas! beijinhos da costa alentejana, Xana

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelas dicas. Vou experimentar.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada! Vou mesmo experimentar esta dica. E é muito mais saudável que a habitual fruta enlatada.

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Belíssima dica, vai dar-me muito jeito.

    Os meus sentimentos pela vossa perda e força.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Tenho pêssegos a mais, ia fazer compota, mas afinal acho que vou fazer esta receita. :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover